quarta-feira, 1 de fevereiro de 2023

Peça do mês - fevereiro

 



A Odalisca 

Óleo sobre madeira

António Garcia Mencía

1896

35,1 cm X 22,8 cm

CP – MA

Inv. Nº 86.33

Em fevereiro apresentamos como peça do mês uma pintura intitulada A Odalisca, da autoria de António Garcia Mencía, o artista nasceu em Madrid em 1850, tendo vivido sobretudo no estrangeiro. Foi um aguarelista de fama internacional, muito apreciado em Inglaterra e no Continente Americano.

Participou em diversas Exposições Nacionais de Belas Artes, sendo premiado nas de 1892 e 1901.

Antonio García Mencía faleceu em Madrid em 1911.

O interesse romântico pelo Orientalismo começou em Espanha a partir de meados do século XIX, como seria de esperar num país onde abundam os vestígios do período islâmico.

A obra A Odalisca também é conhecida como Rapariga Árabe e foi comprada por José Relvas, quando residiu em Madrid (1911-1914).

Em destaque no centro da estruturação da obra, aparece-nos uma jovem que alisa sedutoramente o cabelo que se liberta de um véu azul, caindo sobre os ombros, enquanto sorri com malícia, num convite à partilha da intimidade. Tal como estes gestos, a otomana em desalinho, os pés nus sobre o tapete. O próprio véu quase transparente, que tudo parece indicar que acabou de se levantar de um momento de repouso é a exaltação da beleza e da sensualidade da mulher, livre de autodomínio e das barreiras morais.

A variedade, a paleta e o pormenor dos elementos apelam a uma observação atenta. A figura é transformada numa mancha quente com cores frias e vibrantes, sublinhando a intencionalidade sensual da cena. Depois de os percorrer, o olhar regressa de novo, quase inevitavelmente, à jovem o que dá origem a um dispositivo cujo fulcro vem cair sobre o rosto alegre, em destaque sobre parede branca.