domingo, 26 de janeiro de 2020

APRESENTAÇÃO DO LIVRO DO OUTRO LADO DO TEMPO

APRESENTAÇÃO DO LIVRO
"DO OUTRO LADO DO TEMPO"
de Marianela Valverde editado pela Editora Alfarroba.



Ontem, dia 25 de Janeiro de 2020, no Auditório da Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça foi apresentado o livro Do Outro Lado do Tempo. A mesa foi moderada pelo Eng.º Ricardo Hipólito, a apresentação do livro foi levada a cabo pelo Jornalista, Fernando Correia e pelo Conservador da Casa dos Patudos, Dr. Nuno Prates. O evento contou com a presença dos nossos Autarcas, assim como, amigos e convidados da autora e público em geral.
A capa da obra é uma pintura da Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça: Abandonadas, da autoria do pintor Constantino Fernandes.

O livro fala-nos do abandono de crianças na Roda dos Expostos, que ocorreu em Portugal e em toda a Europa durante um longo período de tempo.

Para muitos pais, num Portugal rural e pobre, era o último grito de esperança. Aqui colocavam os filhos à mercê de uma sorte que poderia nunca vir a existir e de uma exígua hipótese de sobrevivência que na maioria das vezes se traduzia em morte.






quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Apresentação do livro: Do Outro Lado do tempo



A autora Marianela Valverde, apresenta no Sábado, dia 25 de Janeiro, às 16h00, no Auditório da Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça, o Livro: Do outro lado do tempo.

A obra é editada pela Alfarroba.
A capa é uma pintura da Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça: As Abandonadas, da autoria do pintor Constantino Fernandes.
A não perder...

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

20 de Janeiro - 2020 - Dia de S. Sebastião



Em dia de S. Sebastião, apresentamos-lhe uma escultura do Século XVIII, da autoria de José de Almeida, a ele dedicada.

São Sebastião, era coniderado o terceiro padroeiro de Roma, o seu martírio terá acontecido em 288.

Durante a Idade Média era um dos santos mais populares no nosso país, devido ao poder anti-pestífero que lhe era atribuído.
Ter-se-á firmado a crença de que, tal como as flechas disparadas pelos algozes não foram capazes de o matar, também a peste e outras doenças vindas do exterior não seriam capazes de penetrar no corpo de cada um.
Esta proteção estendeu-se às doenças que atacavam as culturas agrícolas.
No século XIX, é também invocado como protector das vinhas.
Venha ver esta e outas obras de arte na Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça.


São Sebastião
José de Almeida
Século XVIII (ca 1740 – 1750)
Madeira policromoda e dourada
122,3 cm
CP – MA
Inv. Nº 84.66

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

17 de Janeiro - Dia de Santo Antão

Santo Antão

Hoje celebra-se o Dia de Santo Antão, e por isso apresentamos-lhe uma excelente pintura a ele dedicada, que se encontra na colecção da Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça.
Santo Antão, nasceu por volta do ano 251, em Tebaida, no Alto Egipto e faleceu em 356, com 105 anos de idade.

Santo Antão
Pintura a óleo sobre tela
Século XVII
Escola Espanhola
Att a Ribera
83,5 cm x 72 cm
CP – MA
Inv. Nº 84.118



quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Apresentação do Livro - Do outro lado do tempo - 25 de Janeiro - 16h00


A autora Marianela Valverde, apresenta no próximo dia 25 de Janeiro, às 16h00, no Auditório da Casa dos Patudos o Livro: Do outro lado do tempo. A obra é editada pela Alfarroba e apresentada pelo Jornalista Fernando Correia.

A capa é uma pintura da Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça: As Abandonadas, da autoria do pintor Constantino Fernandes.
O legado que nos foi deixado por Constantino Fernandes dá-nos a conhecer um Portugal rural, mas que ao mesmo tempo começa a descobrir a industrialização. Nos Patudos existe uma obra que nos retrata iso mesmo: Abandonadas, de 1909.

Esta pintura é um documento importantíssimo para o estudo da Revolução Industrial em Portugal, retratando o Areal da Junqueira, Zona Industrial de Alcântara – Lisboa. Esta cena verídica é de um grande realismo, deixando-nos perceber as preocupações sociais que tinha José Relvas ao escolher esta como a pintura preferida da sua grande colecção de arte.

Workshop carne de Coelho - Como a vais cozinhar hoje?


Decorreu esta tarde,nas Cozinhas Velhas da Casa dos Patudos, o Workshop carne de Coelho - Como a vais cozinhar hoje.
A Acção de Formação foi dedicada à carne de coelho, realizada pelo Chef. Hélio Loureiro, com o apoio da Associação Portuguesa de Nutrição (APN), Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) e Associação Portuguesa de Cunicultura (ASPOC).
Em Destaque estiveram os benefícios nutricionais da carne de coelho, a sua versatilidade e tradição.
Foi excelente.
Parabéns.


segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Carne de Coelho – Como a vais cozinhar hoje? - Workshop para profissionais

CARNE DE COELHO – COMO A VAIS COZINHAR HOJE?

Workshop para profissionais.

Cozinhas Velhas da Casa dos Patudos, dia 14 de Janeiro, 16h00.
A Não Perder.

A AHRESP, através de uma parceria com a ASPOC (Associação Portuguesa de Cunicultura), Está a realizar Acções de Formação dedicadas à carne de coelho para profissionais de restauração e talhos de todo o país.
As formações serão realizadas pelo Chef. Hélio Loureiro, com o apoio da Associação Portuguesa de Nutrição (APN).
Em Destaque estarão os benefícios nutricionais da carne de coelho, a sua versatilidade e tradição, bem como cortes e receitas, entre outros aspectos técnicos.